ARTISTAS        EXPOSIÇÕES        FEIRAS DE ARTE         PUBLICAÇÕES        PROJETOS        INFO        LOJA        ︎

Gravuras 




Simple and safe, serigrafia de Rafael Silveira

Informações técnicas: serigrafia 2 cores sobre papel fine art 200g, 50x65cm, série de 60 cópias numeradas e assinadas.




Romance, serigrafia de Rafael Silveira

Informações técnicas: serigrafia em 4 cores sobre papel fine art 200g, 65x50cm, série de 60 cópias numeradas e assinadas.



Immediate confort, serigrafia de Rafael Silveira

Informações técnicas: serigrafia 2 cores sobre papel fine art 200g, 50x65cm, série de 60 cópias numeradas e assinadas.




Mouth to Mouth, risografia de Tommi Musturi

Informações técnicas: impressão em 3 cores realizada por Landfill Editions (Londres),
30x42cm, 2010, série limitada de 100 cópias numeradas e assinadas.




Frustration, risografia de Tommi Musturi

Informações técnicas: impressão em 3 cores realizada por Landfill Editions (Londres), 42x30cm, 2010, série limitada de 100 cópias numeradas e assinadas.




Serigrafia de Rafael Coutinho

Informações técnicas: impressão em cinco cores  sobre papel Canson 100% algodão, realizada pelo Estúdio Elástico, 35,5x28cm, série de 30 cópias numeradas e assinadas.




0x0, serigrafia de Rômolo

Informações técnicas: serigrafia em 3 cores sobre papel, 30x42cm, série de 27 cópias numeradas e assinadas.




Xêpa II, xilogravura de Rômolo

Informações técnicas: xilogravura sobre papel, 37x26cm, 2015, série de 50 cópias numeradas e assinadas.




Serigrafia de Pablo Cordier

Informações técnicas: serigrafia em 2 cores e acrílica sobre papel Rives, 30x28cm, série de 30 cópias numeradas e assinadas.




Serigrafia de Zé de Rocha

Informações técnicas: impressão em duas cores sobre papel Conqueror 300gr, 100% algodão, 50x70cm, 2011, 100 cópias numeradas e assinadas.




Serigrafia de Naara Nascimento

Informações técnicas: impressão em duas cores sobre papel Conqueror 300gr, 100% algodão, 70x50cm, 2011, 100 cópias numeradas e assinadas.




Mermaid, serigrafia de Aitch

Informações técnicas: impressão em 3 cores sobre papel 270gr, 50x70cm, 2012, série de 50 cópias numeradas e assinadas.



Fuerza, xilogravura de Samuel Casal

Informações técnicas: xilogravura, 30x42cm, série de 15 cópias numeradas e assinadas.



Xilogravura e monotipia de Samuel Casal

Informações técnicas: xilogravura e monotipia, 43x67cm, 2012, prova única.



Xilogravura e monotipia de Samuel Casal

Informações técnicas: xilogravura e monotipia, 46x67cm, 2012, prova única.




Xilogravura de Samuel Casal

Informações técnicas: xilogravura em uma cor sobre papel, 58x38cm, série de 30 cópias numeradas e assinadas, 2015.




Xilogravura de Samuel Casal

Informações técnicas: xilogravura em uma cor sobre papel, 58x38cm, série de 30 cópias numeradas e assinadas, 2013.




Xilogravura de Samuel Casal

Informações técnicas: xilogravura em uma cor sobre papel, 38x46cm, série de 50 cópias numeradas e assinadas, 2015.




Xilogravura de Samuel Casal

Informações técnicas: xilogravura em uma cor sobre papel, 38x29cm, série de 30 cópias numeradas e assinadas, 2015.




Xilogravura de Samuel Casal

Informações técnicas: xilogravura em uma cor sobre papel, 58x38cm, série de 30 cópias numeradas e assinadas, 2013.




Xilogravura de Nestor Jr

Informações técnicas: xilogravura em uma cor sobre papel, 53x38cm, série se 6 cópias numeradas e assinadas, 2013.




Serigrafia de Nestor Jr.

Informações técnicas: serigrafia em duas cores sobre papel, 30x42cm, sSérie de 24 cópias numeradas e assinadas.




Xilogravura de Nestor Jr

Informações técnicas: xilogravura em uma cor sobre papel, 32x48cm, série de 10 cópias numeradas e assinadas, 2013




Xilogravura de Nestor Jr

Informações técnicas: xilogravura em uma cor sobre papel de arroz, 46x30cm, série se 15 cópias numeradas e assinadas, 2013.


Livros


Até a falha, livro de Renata Voss

Livro de fotografias de uma fisiculturista em poses que são obrigatórias em competições, trazendo um corpo que nos fala sobre ir até ou além dos limites quando faltam condições perfeitas. Essas imagens que foram reveladas em chapas de radiografia nos convidam a examinar, olhar através e ir além da superfície. O que revela a imagem de uma mulher forte?



Como se escreve um bicho, livro de João Oliveira e Kaula Cordier

Como se escreve um bicho parte de uma questão, uma expiação interrogativa, e constrói a sua narrativa justamente ante a impossibilidade de respondê-la. Criado a partir de animais de plástico prensados sobre papel, esse livro-objeto brincante permite múltiplas montagens, reconfigurações e histórias.


Imemorial, livro de Lara Perl

Imemorial é um livro que compartilha a experiência de um longo período de convivência de uma personagem oculta com a biblioteca de livros do seu pai; a partir deste arquivo e de seus fragmentos, ela propõe pistas para possíveis caminhos, aberturas e desvios, chegando em um lugar de descanso, um oásis entre Amaralina, Japão e o universo geológico do escultor Isamu Noguchi. 


Inês: pequena antologia do passado, livro de Laura Castro

Inês é um livro de poesia de Laura Castro, a partir da memória de seu avô materno. Amilton Ignácio de Castro era seu nome, que herdou de duas mulheres: Ignácio veio de Ignácia, sua avó de criação e o Castro de Inês, sua avó de sangue, mulher negra escravizada cuja história se perdeu na memória de seus descendentes.


No meu corpo o canto, livro de Alex Simões e Tanto - Criações compartilhadas

No meu corpo o canto reúne poemas visuais feitos com palavras colhidas nas ruas de Salvador pelo poeta Alex Simões, que desde 2018 se apropria do caráter gráfico e textual de letreiros urbanos captados com a câmera do celular para compor a série de fotomontagens do trabalho #experimentoscomletrasurbanas, publicando-as nas redes sociais. 


Noites cinzas, livro de Zé de Rocha

NoitesCinzas é um livro de artista, totalmente impresso com carvão e cinzas, inspirado na Guerra de Espadas de Fogo de Cruz das Almas, cidade natal do autor Zé de Rocha. Sua confecção foi resultado de uma sequência de procedimentos que se inicia com um desenho a carvão, medindo 300x28cm, passa pela incineração e transformação desse desenho em tinta, e se encerra através de uma impressão serigráfica.


Retratos de coisas sonhadas, livro de Patrícia Martins

As imagens que compõem a série que apresento neste livro vieram de um arquivo de imagens de um estúdio fotográfico baiano que aparenta ser de meados da década de 1950, cedido por um amigo, mas de origem desconhecida. Viradas do avesso, reconfiguradas, gravadas ou destruídas, estão inseridas agora em um outro universo, dos sonhos e dos fantasmas.


Reza, livro de Leonardo Vieira e Nadine Nascimento (a margem)

Reza a história de um homem que, em fuga de si, largou tudo e partiu com Maria e alguns meninos no braço em direção às Minas Gerais, no lugar onde o primo vivia com a antiga e manchada lepra. Foi rei de uma oyó marginal, na região dos Limas - uma vila da Hanseníase -, fronteira entre a colônia [12.329] Sanatório Santa Isabel e o nada. Excluído de si, meu avô nasceu dentro de mim, no interior da Bahia. Sua história em branco, passado fumaça, etéreo.


Unblack Lisbon, livro de Tom Correia

Série em preto-e-branco de pessoas negras anônimas em momentos espontâneos nas ruas de Lisboa, onde o autor realizou residência artística em 2017. De forma poética e ao mesmo tempo contundente, o trabalho toca em questões relacionadas à invisibilidade do negro na fotografia portuguesa, ao racismo estrutural e ao silenciamento ao redor do tema.

Rocha navegável, HQ de Fábio Costa e Igor Souza
Na cidade de Salvador, às margens da Baía de Todos os Santos, o fantasma de um Samurai cumpre a função de mensageiro noturno entre estátuas do centro histórico. Nestes passeios, contempla a cidade com a qual mantêm uma relação de recusa e fascínio, enquanto aguarda que se complete o ciclo que o fará livre.

Caderno de campo 2, livro de Vânia Medeiros
Caderno de Campo 2 é um processo colaborativo da artista Vânia Medeiros com profissionais do sexo (Salvador). O trabalho parte de um convite a sete profissionais a desenhar sua rotina de trabalho durante um mês em cadernos. As participantes desenharam em suas casas – ao final da jornada diária de trabalho – e quatro reuniões presenciais de partilha e discussão dos desenhos foram feitas, uma por semana.


Diário do pó, livro de Leandro Estevam

O livro Diário do Pó surge de uma série fotográfica de mesmo nome, produzida a partir do encontro entre diferentes elementos da paisagem natural, geralmente deslocados do seu lugar de origem. Folhas caídas das árvores, conchas afastadas da maré, penas encontradas no chão ao longo do meu deslocamento a pé por cidades do Estado da Bahia são a matéria prima para construção de um diário da visual.

Longe, um mar movendo em meus ouvidos, livro de Yohanna Marie
Uma carta para alguém e um poema para evocar o som. Num movimento de regresso a casa, coreografia de ausências que se completa quando se abraça. Longe, um mar movendo em meus ouvidos é feito de abraços-esboços, fotografias, escritos soltos, rasgos, costura e areia. Numa pretensa ideia de que um livro pode ser um mar, mover as ondas e desembocar tsunamis, maremotos, inundação. E que catástrofes também incitam cuidado.

Marear, livro de Taygoara Aguiar

Marear é uma cartografia afetiva composta por imagens de embarcações pesqueiras e de passeio dos portos de Plataforma, Solar do Unhão, Porto da Barra e Ilha de Maré, localizados na Baia de Todos os Santos, em Salvador/BA. Sua estrutura de madeira e papéis especiais, ao mesmo tempo é e abriga barcos e cianotipias sobre papel de algodão. Marear é um convite à invenção de narrativas e histórias possíveis dos barcos de fibra ou madeira, saveiros e traineiras presentes neste livro de artista.

Multidão, livro de Lucas Moreira, Lara Perl e
Rafa Moo

Multidão reúne uma coleção de figuras que caminham e resistem nas ruas de Salvador e que em algum momento cruzaram com o antropólogo Lucas Moreira em suas deambulações pelo centro e pela orla marítima da cidade. Num processo de inventário afetivo, Lucas recorta os corpos dos ambientes onde foram fotografados e nos apresenta cada um em sua singularidade, ocupando uma página e se relacionando com aqueles que vem antes e depois, em um novo percurso narrativo.

Vagalume, livro de Túlio Carapiá e Clara Cerqueira

Vagalume é um livro de literatura ilustrada impresso em serigrafia sobre lona crua tingida. A narrativa contínua, mas não necessariamente linear, em formato de tira de tecido de 1,55 x 20cm proposta aqui, faz parte da busca por diferentes formas de expressividade narrativa gráfica/literária. O livro procura captar a experiência dos bares soteropolitanos, ao mesmo tempo que procura extrapolar essa experiência através da ficção - a história de uma prostituta, uma cena de sexo e violência, uma siririca e uma cachaça.


TRES, livro de Fiona Kelly e Igor Souza
Tres é a imagem de uma palavra. Uma publicação significando uma realidade. Três, trés, trees.
No percurso no qual desenhista vira escritor e compreende que alfabeto é desenho e desenho é comunicação, a musicóloga desenha o ritmo no papel, reune os afetos e grava as ressonâncias em uma folha de três cores. Três modulações diferentes do mesmo tom. Uma escala em sephia.


Cidade-motor, HQ de Camilo Fróes, Moreno Pacheco e Bruno Marcello
Uma cidade brutalmente reinventada para permanecer sempre a mesma: esta é a Salvador de finais do século 21. Um irreconhecível aglomerado de passarelas, centros comerciais, viadutos, túneis e zonas de circulação, onde veículos são ponto de partida e destino dos trajetos. Nesta distopia, os caminhos de um policial obstinado e de uma jovem da classe média empobrecida se cruzam, despertando uma das muitas tensões que crescem com a Cidade-Motor.


Billy Jackson, HQ de Victor Mascarenhas e Cau Gomez
Billy Jackson era um Michael Jackson pirata. Suas roupas eram ordinárias, sua aparência era mambembe e seus trejeitos soavam ridículos para um adulto de meia idade. Mas nada disso importava para Agnaldo. Michael Jackson era sua válvula de escape e um passaporte para fora da realidade, numa viagem sem volta pela vida de outra pessoa.




PERGUNTAS FREQUENTES

Quais as formas de pagamento disponíveis?
Os pagamentos são processados pelo Stripe ou pelo Paypal de acordo com a sua escolha. É possível pagar em cartão de crédito e débito online. Para outras soluções de pagamento entre em contato consco.


Quais as formas de envio e o prazo para entrega?
As entregas dos pedidos poderão ser feitas através dos Correios (para envios fora de Salvador) ou por nós mesmos. Os serviços disponíveis são: Registro Módico, exclusivo para envio de livros e com prazo de entrega de até 10 dias úteis; PAC, para gravuras e múltiplos, com prazos de entrega de até 15 dias úteis dependendo do local da entrega; e entrega feita por nós, exclusivamente para Salvador, com prazo de até 5 dias úteis.
Por conta da pandemia os prazos de entrega poderão sofrer alterações sem aviso prévio.

Qual a política de troca da loja?
Realizamos trocas de produtos danificados, sem custos. Para pedir a troca nos envie imagens que comprovem o defeito e realizaremos o envio de um novo produto. Caso o produto em questão não esteja mais disponível em nosso estoque você receberá um cupom no valor do produto para gastar na loja. Trocas por outros motivos deverão ser feitas presencialmente na loja.

Estou fora do Brasil e gostaria de comprar um produto da loja. Como faço?
Entre em contato conosco e processaremos seu pedido através do Paypal com envio pelos Correios ou pela Fedex.


Como entro em contato?
Qualquer dúvida entre em contato conosco por e-mail [contato@rvculturaearte.com] ou por whatsapp/telefone [+55 71 33474929] de segunda a sexta das 10:00h às 18:00h.

︎      ︎     ︎