A GALERIA        ARTISTAS        EXPOSIÇÕES        FEIRAS DE ARTE         PUBLICAÇÕES        PROJETOS        IMPRENSA       ︎

Jogo e dupla, fogo em chamas, FLAMA! é também o nome do que Flávia Bomfim e Maguma fazem quando seguem em processos de criação compartilhados. A exposição FLAMA! nasce do encontro inicialmente fortuito, paulatinamente desejado e cuidadosamente intencionado entre as artistas e suas longas trajetórias individuais de pesquisa nas artes, animadas pelo especial interesse compartilhado em processos gráficos e na circulação livre em ambientes artísticos, editoriais e formativos.

Cada trabalho da exposição FLAMA! revela e esconde o jogo da dupla: olho no olho, mão na mão, cada qual entra em ação criativa com seus repertórios, ferramentas, tecnologias, visões de mundo e modos de fazer, conjunto que aqui poderíamos resumir usando apenas uma palavra: presença. Na mistura, não se perdem em suas individualidades e sustentam a tensão do ‘fazer junto’ ao criarem regras que possibilitam o livre fluxo das negociações e a possibilidade da flama não se apagar - ou, nas palavras do duo: ‘criar para sobreviver’.

Percorrendo a mostra, podemos tomar contato com uma ideia expandida do que pode ser colecionável em arte, indo muito além de cada uma das obras em papel ou cerâmica e descobrindo nas diversas repetições de cores e formas a combinatória de peças, fragmentos, tons, escolhas, experiências e desafios implicados em cada processo. A coleção aqui é também a dos repertórios que se dão em partilha e das escolhas feitas: cada imagem, cada desenho, cada peça em cerâmica que remonta às possibilidades imagéticas da azulejaria, tudo se faz em ações encadeadas como dança-diálogo-luta marcial, marte em fogo, gestos de justaposição e sobreposição, tudo aparecendo e desaparecendo em dimensões distintas de cada imagem que é personagem e portal, paisagem e passagem, retrato e mapa simultaneamente.

As chamas da FLAMA!, como tudo o que queima, só podem seguir em combustão enquanto houver condições para sua consumação, assim como jogos só podem continuar sendo jogados enquanto for do desejo o ‘estar em jogo’. O historiador da arte Ernst Gombrich, no saboroso texto ‘Meditações sobre um cavalinho de pau’, sugere que existem duas condições elementares para que seja possível transformar um pedaço de pau em um cavalinho: que sua forma simples permita a cavalgada e que cavalgar seja importante. Temos aqui o princípio de um jogo em que os movimentos nascem do desejo e do gesto preciso de fabulação e fabricação que atravessa o trabalho da dupla, que entre ‘o ganhar’ ou o ‘se perder’ escolhe o jogo sempre.

Flávia Bomfim e Maguma colecionam formas simples, procedimentos e perguntas, que encorpadas em uma série de processos gráficos levam à sedução do desenho-desígnio, erros como possibilidade de trazer à luz e ‘aos vivos’ na forma de personagens e criaturas que nascem de negociações atrevidas. Para seguirem criando em dupla, as artistas precisam insistir em manter suas individualidades e assim garantir que haja combustível para alimentar o processo a cada sessão.

Um bom desafio para você, visitante, é tentar intuir e reconhecer, a partir da observação de cada trabalho da exposição, quais seriam as regras precisas que os geraram, sem perder de vista que elas só poderiam ser conhecidas em sua totalidade pelo que a dupla e a imagem partilham no vivido de sua fabricação, segredos que seguem velados no mistério do processo em criação.

Você pode levar contigo parte da coleção de perguntas que mantém a FLAMA! acesa, questões tão essenciais quanto elementares para pensar a autoria em processos de criação, a origem e a originalidade e também a condição contemporânea do fazer e do fazer junto: “Do que é feito meu mundo? O que é meu? O que é seu? O que é nosso?”


Valquíria Prates



Valquíria Prates (1977) vive em São Paulo e no Porto (Portugal), é pesquisadora, curadora e educadora.

conjunto em grés esmaltado
dimensões variadas, 12 peças
2022

Flamante
esculturas em grés esmaltado e bailarina metálica
27x13x1cm
2022

série Exercício de fabulação
monotipia (tinta gráfica) e desenho (lápis dermatográfico) sobre papel
100x70cm cada
2022-23

série Exercício de fabulação
desenho (lápis dermatográfico), colagem (adesivo em papel) e grés esmaltado sobre papel
21x21cm cada
2022-23

esculturas em grés esmaltado
17x13x6cm, 15x15x6cm e 21x10x6cm respectivamente
2022


︎    ︎      ︎     ︎